quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Francamente, interessa de onde partiu a bala?


Lendo a respeito da bala que matou Victor Emanuel Muanis, de 23 anos, estudante que estava tomando umas cervejas com os amigos na Lapa na última sexta-feira. A suspeita é que o disparo foi feito por um morador de um dos prédios vizinhos que estaria irritado com o barulho.

Bom, se foi o vizinho, uma briga de rua ou algum tipo de assalto... Não importa. O que realmente importa é que mais um inocente é morto no Rio de Janeiro. Inocentes estão morrendo por todos os lados, nas favelas, no trânsito, nas boates... Fica cada vez mais complicado acreditar que as pessoas ainda têm algum tipo de respeito pelos outros.

Será que ninguém mais pensa nas conseqüências? Ou a vida humana é que passou a não ter mais valor?

Pensar que esse tipo de coisa está virando apenas mais uma notícia do dia é o que tem matado a planta.

4 comentários:

Jairo Souza disse...

Pis é! a viol~encia está virando cada dia mais banal!

railer disse...

também concordo que a violência cada vez mais banalizada. já tem gente achando esse tipo de coisa 'normal'.

Lili disse...

A gente não deve se acostumar com esses fatos da vida cotidana de uma grande cidade.Isso não é admissivel!Devemos nos rebelar sim!
Beijo.

Jairo Souza disse...

Tem selo e caricatura pra vc lah no invariavelmentevariavel
bj!